ter. maio 21st, 2024

Por Bianca Roxo

Carreira – evolução histórica

A Revolução Industrial foi o evento propulsor para o início da concepção de carreira, face à multiplicação das profissões. Se especializar em uma carreira tornou-se essencial para atender as necessidades das demandas do século XX.
Devido a esse movimento, ao longo dos anos, as corporações se responsabilizaram pelo desenvolvimento da carreira dos trabalhadores. Até pouco tempo atrás era normal uma pessoa entrar em uma empresa como contínuo, treinee ou estagiário e sair, se aposentando, como gerente ou diretor.

Novos tempos

Em pleno século XXI, vivemos um momento de transformação, onde cada um, seja colaborador de empresa, autônomo ou empreendedor, é responsável por sua carreira e deve estar sempre preparado para qualquer acontecimento – negativo ou positivo.

O que acontece, na prática, é que, na maioria das vezes, quem está trabalhando e vivendo uma rotina de trabalho se esquece de determinados movimentos importantes para a carreira. Entram, sem querer, na perigosa zona de conforto.

Saber organizar a carreira deveria fazer parte da vida de cada estudante ou trabalhador, independentemente da sua atividade. O chamado “self empowerment”, ou “autogestão”, é mais do que estar preparado. É trazer oxigênio para que a sua carreira se mantenha sempre viva.

Assim, preparamos 7 passos para organizar a sua carreira em uma semana:

1. Currículo

O currículo é a sua identidade, seu espelho, seu reflexo profissional. Você deve ter orgulho dele. Separe alguns momentos para atualizá-lo. Inclua seus últimos cursos, as últimas palestras que assistiu… Coloque as habilidades e resultados que a empresa obteve por meio da sua colaboração. Deixe-o pronto. Você terá a uma sensação de segurança e organização.

2. LinkedIn

O LinkedIn é a maior rede social profissional do mundo no momento. Estar presente nela significa uma grande oportunidade de mostrar a sua opinião sobre determinado assunto e se tornar referência em seu mercado.

Não é um depósito de currículo, por isso, coloque um texto bacana em seu perfil, contando um pouco da sua história e carreira, como se você estivesse conversando com um amigo. Insira suas competências e o mercado em que atuou.
Seja engajado, comentando, “curtindo” e compartilhando os posts de pessoas que tenham a ver com o seu nicho profissional. Assim, você manterá a sua presença acesa para clientes, amigos, fornecedores, empresas concorrentes, etc..

3. Mapeie o seu mercado

Coloque em uma planilha as empresas, fornecedores, escritórios, etc., que você tem afinidade. Insira na lacuna ao lado quem você conhece e o número de contato. Anote todas as informações.
Estar com o mapeamento do seu mercado feito te dará sentido de domínio sobre os locais de sua área de atuação e sobre os seus concorrentes.

4. Networking

Talvez o mais importante item dessa publicação seja estar com a sua rede de amigos ativa. Networking não é uma forma de “usar” as pessoas para alcançar uma vaga ou um favor.

Ao contrário, é criar laços de amizade duradouros. Sugerimos a leitura  do capítulo XXI, do livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, sobre a amizade entre a raposa e o principezinho.

O texto retrata exatamente a importância de “criar laços”:

“Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas.
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo…”

O networking é assim. Todos são únicos no mundo e cabe a nós cultivar essa amizade.

5. O discurso do rei

Você já ouviu  o termo “discurso de elevador”? Significa estar pronto para falar de você sempre que uma oportunidade surgir. Como um encontro ocasional em um elevador com o presidente daquela empresa, ou gestor que você admira. Aproveitaria o momento ou deixaria passar? O importante é estar preparado para poder decidir o que fazer no momento.

Esteja pronto para falar sobre você com confiança.

Parte prática: escreva sobre como você está hoje, o que você realizou no passado e como pretende estar no futuro. Acrescente o produto e o serviço que você oferece, indicando os benefícios que proporciona. Leia em voz alta e decore. Deve durar poucos minutos. Com isso, se for pego de surpresa, saberá como agir.

6. Qualificação profissional

A expressão “não deixe o samba morrer” serve para a sua carreira: “não deixe a sua carreira morrer”. Se aperfeiçoe, leia, esteja sempre atualizado sobre o seu mercado. Mesmo que o momento dê a impressão de isso não é necessário.
Estamos falando da sua carreira, da sua vida profissional e esse cuidado vai fazer a diferença. Existem inúmeras instituições que disponibilizam cursos gratuitos. A FGV On-line tem muitos cursos bons, com certificado, que comprovamos e recomendamos.

7. Planos e metas

Para fechar a semana com chave de ouro, coloque em uma planilha seus planos para daqui 2, 5 e 10 anos para todas as áreas da sua vida. Responda a pergunta: como você quer estar em todos os setores da sua vida: (i) saúde física, mental e espiritual; (ii) financeiramente; (iii) pessoal (amigos, vida social, hobbies); (iv) emocionalmente; (v) em família; e (vi) intelectualmente e na carreira (cargo, mudanças, promoções).
Após preencher a planilha, escreva o que você vai precisar conquistar para chegar ao seu objetivo. Veja a nossa matéria sobre planejamento estratégico.
Com esses passos, a sua carreira estará organizada. Você conseguirá vislumbrar mais claramente o caminho rumo ao sucesso.
Agora, só depende de você! Mão à obra.

 

Bianca Roxo é Consultora de Carreira e cofundadora da Revista da Carreira – www.revistadacarreira.com.br
linkedin.com/in/biancaroxo