dom. jun 23rd, 2024
Após lançar seu primeiro título na edição de  São Paulo, o autor Felipe Saraiça estará lançando o seu segundo livro na Bienal do Rio de janeiro.
Sentindo-se em casa e com quase um ano desde o seu primeiro lançamento, o autor emplaca a segunda publicação, falando, dessa vez, de um tema recorrente na mídia mundial: O suicídio. Em Para onde vão os suicídas?, o livro narra a história de Angelina, uma jovem que, após tentar cometer suicídio, é enviada ao submundo e encontra Ixtab, a deusa dos suicídas. Lá, ela recebe uma missão: Para encontrar a morte, terá que evitar o suicídio de outras pessoas.
Morador da zona oeste, onde o autor vive há dois anos, Felipe fala da importância da representatividade na literatura
— Os livros tem papel fundamental na literatura. Em Palavras de rua, meu primeiro livro, o personagem principal é um morador de rua e isso deu oportunidade ao leitor de observar com mais detalhes essa realidade. Isso é o que busco na literatura: Trazer novos olhares ao leitor e fazer com que eles observem melhor diferentes realidades”—, contou o autor.
Para onde vão os suicídas terá cinco sessões de autógrafos na bienal. Essas são as datas:
02/09 de 13 às 14h
03/09 de 16 às 17h
07/09 de 17 às 18h
09/09 de 20 às 21h
10/09 de 18 as 19h
O evento ocorrerá no Pavilhão azul – Estande da editora Pendragon.

By

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *