dom. abr 21st, 2024

 

Distribuídas pelos 240 mil km quadrados do município, as atrações turísticas de Gramado, nas Serras Gaúchas, recebem 6 milhões de turistas por ano. Segundo destino mais visitado do país, a estância possui forte influência dos colonos alemães do século XIX, logo identificada pela arquitetura bávara dos chalés alpinos, além de fábricas de chocolate, gastronomia diversificada e lojas de artesanato.

O roteiro inicia-se bem no coração da cidade, a Igreja Matriz São Pedro. A construção inspirada no estilo arquitetônico romano chama a atenção por sua beleza e hoje é um dos pontos turísticos mais fotografados. A história mostra que a iniciativa de edificar esta obra – originalmente uma capela de madeira – foi do Arcebispo D. João Becker, em 1917.

Muitos anos depois, em 1943, começou a construção da igreja que vemos hoje, formada por 78 mil pedras basálticas e imensos vitrais sacros que foram pintados pelo artista alemão Pedro Dobmeier e que mostram as passagens da vida do apóstolo Pedro ao lado de Jesus Cristo. O sino feito de bronze, aço e estanho pesa uma tonelada e a torre tem 46 metros de altura.

Na sequência, o Lago Negro, com suas águas escuras e profundas, é envolvido pelo verde das árvores, que faz deste um dos lugares mais bonitos da cidade. A área total é do parque é de cerca de 90 mil m2. A visita ao Lago Negro é recomendada a qualquer hora do dia – seja pela manhã para uma boa caminhada ou ao entardecer para sentar e tomar um chimarrão – já que o local está sempre movimentado. Hortênsias e azaleias se revezam e a cada estação bordam as margens do lago trazendo cor e vida, proporcionando momentos de relaxamento e contemplação.

A terceira dica consiste na pura contemplação à natureza, a 850 metros de altura. Reserve ao menos uma hora para ir até o Belvedere Vale do Quilombo. Localizado a apenas 10 minutos do centro da cidade, é ponto tradicional de muitas fotos por apresentar uma vista espetacular do vale e das montanhas. É possível ir de carro, a pé, de moto ou bicicleta. Não é necessário pagar nada, pois o local é aberto. Na Avenida das Hortênsias – seguindo em direção à cidade de Canela – há um acostamento onde os carros param para que as pessoas possam chegar até a calçada com vista para o vale.

Muitas outras atrações transformam Gramado em um dos principais pontos turísticos do país, como a Rua Coberta, a Prefeitura Municipal e o Parque LeJardim. Para turistas que nutrem gosto também pelos motores, Gramado é uma atração imperdível. São três atrações para apaixonados por veículos (carros, motocicletas e caminhões), cada qual com suas particularidades.

 

Uma das campeãs de bilheteria dentre todas as 50 atrações listadas pela Secretaria de Turismo de Gramado, o Super Carros recebe 20 mil visitantes por mês. Notório por realizar sonhos de apaixonados por carros superesportivos, com locações de test drive pelos belos cenários da serra gaúcha, o Super Carros foi pensado especialmente para contemplar os apaixonados por automóveis, dentre um total de 30 modelos.

Fundado em 2009, o Super Carros possui uma frota composta por Lamborghini Gallardo, Porsche Boxster e Cayman, Ford Mustang, Shelby GT500, Chevrolet Camaro, Dodge Challenger, BMW M3 e M4, Nissan GTR, Maserati GranCabrio, Chevrolet Corvette C6 e C7 e até Tesla 3 (100% elétrico), sem contar o “time” de Ferrari: F430, Portofino, California, F360 e F355. O cliente tem a opção de realizar passeios como piloto ou de carona, além de registrar tudo com fotos. O Drive Experience oferecido pela empresa é realizado na rodovia Gramado-Canela.

 

Já o Dreams Motor Show é um espaço dedicado aos amantes de motocicletas de marcas consagradas. Um museu fantástico com dezenas de máquinas restauradas e de várias épocas. Além de entrar no clima dos roncos dos motores, o visitante curte toda essa experiência em um bar temático, que já foi eleito entre os dez mais bonitos do mundo no tema “motocicleta”. O acervo do Dreams Motor Show inclui a Shovelhead (1971), Panhead chopper (1969) e Indian Chief (1948) como principais destaques.

 

Por fim, o American Old Trucks, localizado na cidade vizinha Canela, reúne 61 veículos clássicos, entre picapes e caminhões, em um espaço de mais de 3.000 m2. Trata-de do único museu de caminhões do Brasil, dotado de uma coleção única de tirar o fôlego, seja de profissionais das estradas ou do público geral. São modelos das décadas de 50 e 60, totalmente restaurados ao estado original, trazendo aos visitantes a emoção de uma verdadeira viagem no tempo. A beleza dos veículos é estonteante. Dentre os destaques, o nacional FNM (de 1958) e o norte-americano Kenworth 523 (1950).

Fonte: Edu Pincigher

 

FAÇA TURISMO COM

AGENCIA REDE (54) 997 1516 27 Whatsapp